Corpos modificados/alterados. Entre a moda e os projetos de identidade

Autores

  • Ambrogia Cereda Università Cattolica del Sacro Cuore, Milan

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.24(2013).1772

Palavras-chave:

Projeto do corpo, identidade, tatuagem, piercing, personificação

Resumo

O corpo tem vindo a desempenhar de forma crescente um papel crucial no contexto social, onde a aparência representa a esfera privilegiada para a auto-expressão e para a construção da identidade. Entre as muitas maneiras de decorar, adornar e camuflar o corpo, algumas técnicas tradicionais (as tatuagens, o piercing, a escarificação) competem com técnicas mais recentes e tecnológicas (a cirurgia estética, implantes) para modelar e retratar individualidades. Por um lado, essas técnicas estão a utilizar propósitos e códigos de apresentação do mundo da moda. Por outro lado, desafiam esssa fluidez e mudança contínua ao materializarem projetos de identidade a longo prazo cujo objetivo é resistir à transformação.
Em ambos os casos, os indivíduos referem-se ao corpo como um domínio privilegiado para narrar e refletir sobre a sua própria história pessoal, parecendo também sentir-se mais capazes de gerir as diferentes técnicas e de as misturar para atingir os seus próprios propósitos expressivos. O resultado é  uma combinação de códigos visuais que consegue revelar diferentes modelos corporais, bem como diferentes formas de experienciar a corporalidade e a personificação.
Este artigo procura dar conta desta variedade, com referência a uma pesquisa desenvolvida sobre quatro técnicas (a tatuagem, a escarificação, a cirurgia estética e o piercing) entre um gupo de utilizadores e profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2014-04-30

Como Citar

Cereda, A. (2014). Corpos modificados/alterados. Entre a moda e os projetos de identidade. Comunicação E Sociedade, 24, 26-44. https://doi.org/10.17231/comsoc.24(2013).1772

Edição

Secção

Corpos, Identidade, Moda, Sustentabilidade e Mercado