O Corpo sob tutela - notas breves a propósito do Corpo que não se tem

Autores

  • Carolina Leite Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.4(2002).1269

Resumo

É minha intenção levantar breves questões a partir da experiência, amplamente partilhada, de termos um corpo que, por vezes, é um corpo em estado de «doença». Sob fundo de interdito, o corpo foi objecto, nos últimos séculos, de uma vigilância que adensou o desconhecimento sobre as suas manifestações, gerando uma enorme opacidade na relação de cada um com o corpo que tem. Interrogaremos aqui o corpo como uma entidade complexa que gere e emite informações, e não como mero receptáculo para vírus e outros agentes do «mal». Diferentes contextos e motivações revelam corpos distintos. E assim, o «corpo doente» será entendido a partir do princípio de um corpo em transformação, cuja leitura será possível à luz do seu percurso, físico, emocional e relacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2013-01-16

Como Citar

Leite, C. (2013). O Corpo sob tutela - notas breves a propósito do Corpo que não se tem. Comunicação E Sociedade, 4, 105-116. https://doi.org/10.17231/comsoc.4(2002).1269

Edição

Secção

Comunicação e imaginário