Comunicar ciência em Portugal: uma avaliação das perspectivas para o estabelecimento de formas de diálogo entre cientistas e o público

Autores

  • Ana Godinho Coutinho Instituto Gulbenkian de Ciência, Oeiras; Associação Ciência para o Desenvolvimento; Associação Viver a Ciência
  • Sofia Jorge Araújo Institut de Biología Molecular de Barcelona, Parc Cientific de Barcelona, Espanha; Associação Viver a Ciência.
  • Mónica Bettencourt-Dias Department of Genetics, University of Cambridge; Associação Ciência para o Desenvolvimento; Associação Viver a Ciência

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.6(2004).1231

Palavras-chave:

Comunicação da ciência, workshop, competências comunicativas, media, envolvimento do público

Resumo

Este artigo avalia as perspectivas para o estabelecimento de formas de comunicação directa e bidireccional (diálogo) entre cientistas e o público, em Portugal, em substituição da comunicação indirecta e unidireccional, actualmente prevalecente. Um maior envolvimento do público com a ciência requer meios de comunicação que promovam o diálogo entre cientistas e o público, permitindo partilhar os valores e o sistema social da ciência. Neste sentido, organizámos e avaliámos uma conferência de fim-de-semana pioneira em Portugal, entre cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), um instituto de investigação biomédica, e o público de Oeiras, onde o instituto se localiza. O formato da conferência foi adaptado do modelo dinamarquês das conferências de consenso, que são um meio exemplar para o diálogo. Estiveram envolvidos dois painéis: um painel leigo, constituído por membros do público, e um painel de cientistas, constituído por investigadores do IGC. O painel leigo estabeleceu a agenda da conferência, conduziu as sessões e preparou um relatório de consenso. A avaliação e as consequências desta conferência de fim-de-semana sugerem que o diálogo entre cientistas e o público é possível, viável e que promove maior envolvimento do público com a ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-21

Como Citar

Coutinho, A. G., Araújo, S. J., & Bettencourt-Dias, M. (2004). Comunicar ciência em Portugal: uma avaliação das perspectivas para o estabelecimento de formas de diálogo entre cientistas e o público. Comunicação E Sociedade, 6, 113-134. https://doi.org/10.17231/comsoc.6(2004).1231

Edição

Secção

Artigos Temáticos