Lançando a moda: o discurso das revistas

Autores

  • Brian Moeran Copenhagen Business School, Denmark

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.24(2013).1778

Palavras-chave:

Sistema da moda, revistas de moda, linguagem avaliativa, sentido de moda, Japão

Resumo

No presente artigo discute-se a produção e o discurso das revistas de moda, que constituem parte integrante do "sistema da moda". Enquanto intermediárias entre os fabricantes e os consumidores, estas revistas têm por principal objetivo: apresentar propostas sobre as peças de vestuário que estão na moda; sobre quais serão as últimas tendências; sobre a importância dos nomes que ostentam; sobre os motivos pelos quais a moda deve ocupar um lugar importante nas vidas das leitoras; e sobre os locais onde se pode comprar o vestuário publicitado. Estas propostas conferem legitimidade à moda e ao mundo da moda em termos culturais e comerciais.
As revistas estabelecem relações significativas entre coisas que aparentam ser independentes na sua essência; dão-lhes vida social, criando um mundo imaginário sobre elas; e impõem ordem, quer histórica quer esteticamente, num mundo cujos produtos provavelmente passam despercebidos, devido à sua natureza sazonal e quantidade potencialmente caótica. As revistas de moda apresentam as tendências que fazem parte das coleções mostradas nas passarelas. Ao fazê-lo, criam um "discurso da moda" cujos termos avaliativos são usados por diferentes pessoas, em tempos e espaços distintos, para demarcar e contestar um território semântico em que as preferências culturais de âmbito local interagem com as normas globalizantes do sentido de moda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2014-04-30

Como Citar

Moeran, B. (2014). Lançando a moda: o discurso das revistas. Comunicação E Sociedade, 24, 95-119. https://doi.org/10.17231/comsoc.24(2013).1778

Edição

Secção

Corpos, Identidade, Moda, Sustentabilidade e Mercado