"Deixem dizer": A norma do discurso de um está no discurso do outro

Autores

  • Christian Plantin Universidade de Lyon

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.16(2009).1035

Palavras-chave:

Falácias, crítica da linguagem, teorias da argumentação, avaliação de argumentos, modelo dialogal

Resumo

No quadro da questão da avaliação dos argumentos aborda-se neste artigo a questão das falácias no âmbito mais alargado das «críticas da linguagem» perspectivadas de um ponto de vista histórico e antropológico. Mostra-se que nem todas as teorias da argumentação são teorias críticas e que os critérios de avaliação dos argumentos não são de natureza meta-argumentativa, sendo o princípio metodológico a adoptar, no campo da argumentação, o princípio liberal fundamental: «laissez faire, laissez passer»: «deixem dizer!»

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-12-31

Como Citar

Plantin, C. (2009). "Deixem dizer": A norma do discurso de um está no discurso do outro. Comunicação E Sociedade, 16, 145-161. https://doi.org/10.17231/comsoc.16(2009).1035

Edição

Secção

Comunicação, argumentação e retórica