Saúde electrónica e literacia em saúde: uma revisão da metodologia de pesquisa

Autores

  • Manuel José Damásio CICANT – Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias da Informação, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
  • Sara Henriques CICANT – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
  • Mike Mackert Universidade do Texas, Austin

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.23(2012).1362

Palavras-chave:

Saúde, comunicação, literacia, e-health, meios electrónicos

Resumo

A utilização de meios electrónicos na área da saúde fornece ferramentas poderosas para melhorar o conhecimento sobre saúde e a atitude dos sujeitos perante este domínio, mas a literacia em saúde manifestada pelos utilizadores – a sua capacidade de obter, processar e agir adequadamente perante informações relacionadas com a temática da saúde – desempenha um papel importante na sua capacidade de aproveitar ao máximo as aplicações electrónicas disponíveis no domínio da saúde. O presente projecto analisou um número significativo de artigos focados na área da saúde electrónica e literacia em saúde, e codificou 94 artigos de âmbito internacional e 14 artigos de âmbito nacional (Portugal) com o intuito de fornecer uma visão geral do campo, incluindo a utilização de teoria e de métodos de pesquisa. Os resultados indicam a falta de enquadramentos teóricos sólidos neste domínio e a aplicação invariável na maior parte da literatura de medidas psicométricas de literacia em saúde estabelecidas noutros domínios que não os dos estudos em comunicação. A nossa proposta aponta para a necessidade de se utilizarem ferramentas mais eficazes para recolha de dados, tais como o uso de entrevistas e inquéritos, e uma maior quantidade de métodos baseados em análise mais qualitativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-01-10

Como Citar

Damásio, M. J., Henriques, S., & Mackert, M. (2012). Saúde electrónica e literacia em saúde: uma revisão da metodologia de pesquisa. Comunicação E Sociedade, 171-183. https://doi.org/10.17231/comsoc.23(2012).1362