Seres humanos e objectos técnicos: a noção de “concretização” em Gilbert Simondon

Autores

  • José Pinheiro Neves Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, Braga

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.12(2007).1097

Palavras-chave:

Gilbert Simondon, objectos técnicos, processo de concretização

Resumo

Gilbert Simondon, na sua obra Modo de existência dos objectos técnicos, escrita em 1958, pretende responder a uma pergunta de Canguilhem: será que o objecto técnico é mais do que uma mera aplicação da ciência? A sua resposta positiva permite uma nova abordagem da relação entre seres técnicos e seres biológicos. De facto, a ideia de concretização dos objectos técnicos, cerne da teoria de Simondon, permite responder à intuição original do seu professor, George Canguilhem. No entanto, Simondon ainda é um pouco ambíguo, nunca defendendo claramente uma individuação protésica do objecto técnico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

José Pinheiro Neves, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, Braga

CECS

Downloads

Publicado

2007-12-19

Como Citar

Neves, J. P. (2007). Seres humanos e objectos técnicos: a noção de “concretização” em Gilbert Simondon. Comunicação E Sociedade, 12, 67-82. https://doi.org/10.17231/comsoc.12(2007).1097

Edição

Secção

Pensar a técnica hoje