Comunicar em Saúde em Tempos de Pandemia: Qual o Nosso Papel Enquanto Académicos de Comunicação? Nota Introdutória

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.40(2021).3703

Resumo

São inúmeras as reflexões que podem ser feitas neste contexto de disseminação do SARS-CoV-2. Esta edição dedicada a “Comunicar em Saúde em Tempos de Pandemia” apresenta artigos que oferecem uma visão sistémica daquilo que foi a comunicação e o jornalismo em período pandémico, nomeadamente durante o primeiro ano de disseminação do vírus SARS-CoV-2.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografias Autor

Felisbela Lopes, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Braga, Portugal

Felisbela Lopes é professora associada com agregação da Universidade do Minho, onde trabalha desde 1994. Entre 2009 e 2014, foi aí pró-reitora para a área da comunicação. Tem centrado a sua investigação académica nas áreas da informação televisiva, do jornalismo da saúde e das fontes de informação e tem desenvolvido o ensino no campo do jornalismo. Fez agregação e doutoramento com trabalho académico sobre a informação televisiva. É autora de vários artigos em revistas científicas e de livros, entre os quais se destacam Marcelo, Presidente Todos os Dias (Porto Editora, 2019), Jornalista: Uma Profissão Ameaçada (Alêtheia, 2015); Vinte Anos de TV Privada em Portugal (Editora Guerra e Paz, 2012); A TV do Real (Minerva, 2008); A TV das Elites (Campo das Letras, 2007) e o Telejornal e o Serviço Público (Minerva, 1999).

Rita Araújo, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Braga, Portugal

Rita Araújo, doutora em Ciências da Comunicação, é investigadora no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho. Os seus interesses de investigação são a comunicação e o jornalismo em saúde, as fontes de informação, e a literacia em saúde. Foi investigadora visitante no Hunter College, City University School of Public Health, Nova Iorque, e integrou a equipa portuguesa do projeto Health Reporting Training Project (2010-3675 HeaRT), financiado pelo Lifelong Learning Program da Comissão Europeia. Foi investigadora, com uma bolsa financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, no projeto nacional A Doença em Notícia (PTDC/CCI-COM/103886/2008). É autora e coautora de vários artigos científicos e capítulos de livros e apresentou já a sua investigação em diversas conferências nacionais e internacionais.

Peter Schulz, Facoltà di comunicazione, cultura e società, Università della Svizzera italiana, Lugano, Suiça

Peter J. Schulz é professor de teorias da comunicação e comunicação em saúde. No seu trabalho tem procurado reunir o pensamento das humanidades, ciências sociais e tecnologias da informação para investigar questões importantes na comunicação em saúde. O seu trabalho recente no campo da investigação da comunicação em saúde centra-se na literacia em saúde e empowerment, na comunicação médico-paciente, e no efeito dos media no domínio da saúde, como o impacto da utilização da internet na saúde dos adolescentes. Publicou mais de 190 artigos sobre comunicação em matéria de saúde numa multiplicidade de publicações revistas por pares. Juntamente com Paul Cobley (Londres) é editor da série “Handbooks of Communication Science” (HoCS, 35 volumes, Berlim: DeGruyter & Mouton). Desde 2017, é também professor honorário na Universidade Nacional Australiana, Camberra.

Referências

Fishman, M. (1981). Police news. Constructing an image of crime. Urban Life, 9(4), 371–394.

Hannawa, A. F., Kreps, G. L., Paek, H., Schulz, P. J., Smith, S., & Street, R.L., Jr. (2014). Emerging issues and future directions of the field of health communication. Health Communication, 29(10), 955–961. https://doi.org/10.1080/10410236.2013.814959

Mazur, A. (2004). True warnings and false alarms. Evaluating fears about the health risks of technology, 1948-1971. Routledge.

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Lopes, F., Araújo, R., & Schulz, P. (2021). Comunicar em Saúde em Tempos de Pandemia: Qual o Nosso Papel Enquanto Académicos de Comunicação? Nota Introdutória. Comunicação E Sociedade, 40, 7-14. https://doi.org/10.17231/comsoc.40(2021).3703

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2