O delírio da disformidade. O corpo no imaginário grotesco

Autores

  • Albertino Gonçalves Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.4(2002).1286

Resumo

Universal, o imaginário grotesco anima os subterrâneos, as interstícios e as margens de todas as sociedades humanas. Neste artigo, relevamos alguns dos seus traços genéricos mais marcantes, a começaar pelo papel específico do corpo. Na passada, sondamos diversas manifestações do grotesco na vida contemporânea, principalmente ao nível da linguagem, da comunicação, das artes e dos rituais da vida quotidiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2013-01-16

Como Citar

Gonçalves, A. (2013). O delírio da disformidade. O corpo no imaginário grotesco. Comunicação E Sociedade, 4, 117-130. https://doi.org/10.17231/comsoc.4(2002).1286

Edição

Secção

Comunicação e imaginário