Publicitar o Ensino Superior: modernidade ou inconveniência?

  • Teresa Ruão Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, Braga
Palavras-chave: universidades públicas portuguesas, promoção, publicidade

Resumo

Uma nova ordem do discurso emergiu nas universidades públicas portuguesasao longo dos anos 1990. Referimo-nos à mercantilização das suas práticas discursivas,ou seja, à contaminação do discurso institucional por práticas comunicativas dominantesno sector privado. Em resultado, o discurso promocional e o género publicitário acabarampor se instalar na comunicação universitária nacional. Algo que é comprovadopelo uso que estas instituições fazem actualmente da publicidade nos meios de massa,bem como nos suportes above the line.Para aprofundar esta leitura, propomo-nos precisamente fazer uma incursão poralguns desses materiais promocionais criados pelas universidades públicas nacionaisnos últimos anos. Esta proposta tem por base uma pesquisa exploratória efectuada emfeiras de divulgação do Ensino Superior, nos anos de 2007 e 2009. Os resultados apontampara a dificuldade sentida por estas organizações na adequação da sua linguagemaos novos contextos concorrenciais e na aceitação plena de um modelo publicitário. Naverdade, no seio das academias nacionais o debate parece manter-se: publicitar o EnsinoSuperior será um sinal de modernidade ou simples inconveniência?

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Biografia do Autor

Teresa Ruão, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho, Braga
CECS
Publicado
2011-10-09
Como Citar
Ruão, T. (2011). Publicitar o Ensino Superior: modernidade ou inconveniência?. Comunicação E Sociedade, 19, 145-160. https://doi.org/10.17231/comsoc.19(2011).903
Secção
Das práticas aos discursos: usos e representações