A convergência TV-Web: motivações e modelos

Jorge Trinidad Ferraz de Abreu, Vasco Branco

Resumo


Actualmente, a palavra «convergência» surge com uma frequência crescente na abordagem correlativa de diversos processos comunicacionais. Neste enquadramento, a Web e a Televisão constituem-se como processos comunicacionais nos quais se questiona, de forma efervescente, a sua correlação e eventual convergência. Por outro lado, é também frequente depreender-se que a «futura Televisão Interactiva» resultará deste processo de convergência, no qual se encontram envolvidos diversos agentes, desde as empresas de telecomunicações, companhias de Televisão por cabo e estações de Televisão até aos fornecedores de conteúdos e outras entidades relacionadas com tecnologias dacomunicação.Neste cenário, o presente artigo pretende identificar quais as possíveis formas de convergência entre estes dois media, não descurando quer o valor acrescentado que estas terão que oferecer de forma a garantirem o seu sucesso, quer as limitações que o actual estado da arte tecnológico lhes impõe. Atendendo a estas mesmas limitações, são igualmente propostos alguns modelos comunicacionais, considerados de baixa dependência tecnológica, capazes de promover uma utilização conjunta da Televisão e da Web, contribuindo, simultaneamente, para uma consciencialização pública do poder do novo media daqui resultante.

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17231/comsoc.4(2002).1301

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 

 

 

 

 

 

...............................................................................................................

 

.:: LASICS ::.
Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Universidade do Minho, campus de Gualtar
4710-057 Braga - Portugal

Revista Comunicação e Sociedade
ISSN 2183-3575 (online)
ISSN 1645-2089 (print)
Prefixo DOI: 10.17231