Serviço público de média e comunicação pública: conceito, contextos e experiências

  • Fernando Oliveira Paulino Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília
  • Liziane Guazina Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília
  • Madalena Oliveira Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Palavras-chave: Serviço público, políticas de comunicação, comunicação pública, RTP, EBC

Resumo

Distinto do setor comercial, entre outros aspetos, por não ter finalidade lucrativa, o setor público de comunicação define-se correntemente pelo princípio da universalidade e do igual acesso dos cidadãos aos produtos mediáticos. Não obstante este fundamento de base, mais ou menos comum aos sistemas de radiodifusão de iniciativa pública das mais variadas origens, a designação de serviço público de média – consistente com uma tradição europeia – não é um correlato inequívoco do conceito de comunicação pública – mais harmonizado com uma tradição americana, ou mesmo sul-americana. Focado nas experiências de Portugal e do Brasil, este artigo desenvolve uma abordagem comparativa que visa compreender o enquadramento político, social e cultural da atividade dos média públicos nestes dois países. Com base numa leitura dos documentos legais que sustentam o desenvolvimento desta atividade, procura-se também discutir o setor no contexto mais vasto das políticas de comunicação portuguesas e brasileiras. Não ignorando, por outro lado, os aspetos que têm feito do serviço público e da comunicação pública um campo de debate permanente, como as questões do financiamento e da independência, o presente artigo tem ainda como objetivo identificar e discutir os desafios enfrentados pelas empresas concessionárias.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2016-12-29
Como Citar
Paulino, F. O., Guazina, L., & Oliveira, M. (2016). Serviço público de média e comunicação pública: conceito, contextos e experiências. Comunicação E Sociedade, 30, 55-70. https://doi.org/10.17231/comsoc.30(2016).2485