A corrupção e os média – um olhar dos jornalistas sobre a relevância do tempo

Autores

  • Ana Moreira Universidade do Minho
  • Emília Araújo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
  • Helena Sousa Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.35(2019).3137

Palavras-chave:

Corrupção política, justiça, média, política, tempo

Resumo

As relações entre os média, a política, o sistema judicial e o fenómeno da corrupção são complexas e inscrevem-se em vários tipos de tempo e de temporalidade. Neste texto, a partir de um estudo empírico qualitativo conduzido junto de jornalistas que fizeram acompanhamento de casos de corrupção envolvendo políticos, discute-se a importância do tempo na constituição das relações entre média, política e o sistema judicial. A análise permite destacar, por um lado, algumas das principais caraterísticas do tempo no trabalho mediático, e, por outro, a forma como o tempo configura as relações de poder que se estabelecem entre os diversos sistemas e atores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2019-06-28

Como Citar

Moreira, A., Araújo, E., & Sousa, H. (2019). A corrupção e os média – um olhar dos jornalistas sobre a relevância do tempo. Comunicação E Sociedade, 35, 173-192. https://doi.org/10.17231/comsoc.35(2019).3137

Edição

Secção

Artigos temáticos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>