O cidadão enquanto fonte de informação: o caso do Jornal da Tarde, da RTP

  • Inês Mendes Universidade do Minho
  • Raquel Martins Universidade do Minho
Palavras-chave: Cidadão, serviço público, fontes de informação, género

Resumo

Essenciais à produção noticiosa, as fontes de informação são complexas e providenciam um caso de análise relevante. Até porque, sem elas, o trabalho dos jornalistas seria quase impossível de desempenhar, tendo em conta que as fontes são capazes de reforçar e atribuir credibilidade à peça noticiosa. Num quadro de crescente valorização da participação do cidadão nos serviços públicos audiovisuais, e refletindo sobre a importância das fontes de informação, este trabalho procura perceber que tipo de representação e destaque é dado ao cidadão no serviço público televisivo português. Para além de procurar perceber qual a presença do cidadão no Jornal da Tarde, da RTP, pretende-se fazer uma ponte entre o papel do Serviço Público de Televisão português e a necessidade, ou não, de recorrer a vozes não oficiais para suportar a credibilidade e até veracidade do tema em questão. Que temas recorrem, mais vezes, à voz do cidadão e que testemunhos são mais procurados pela RTP são alguns dos pontos investigados. Para isso, foi feita uma análise de conteúdo a 21 emissões do Jornal da Tarde da RTP, de forma a identificar as peças que continham a voz do cidadão e encontrar respostas para as questões apresentadas.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2016-12-29
Como Citar
Mendes, I., & Martins, R. (2016). O cidadão enquanto fonte de informação: o caso do Jornal da Tarde, da RTP. Comunicação E Sociedade, 30, 267-281. https://doi.org/10.17231/comsoc.30(2016).2497