No fulgor frágil da existência, a sedução do visível e a paixão do invisível. Em memória de José Augusto Mourão

Autores

  • Moisés de Lemos Martins Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.26(2014).2041

Palavras-chave:

Semiótica, texto e textualidade, estruturalismo, Algirdas Greimas, estruturas morfogenéticas e morfodinâmicas, teoria das catástrofes, textualidade bíblica, Ordem dos Pregadores

Resumo

Apresento neste texto a trajetória pessoal, intelectual e académica, de José Augusto Mourão (1948-2011), professor de Semiótica na Universidade Nova de Lisboa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2014-12-28

Como Citar

Martins, M. de L. (2014). No fulgor frágil da existência, a sedução do visível e a paixão do invisível. Em memória de José Augusto Mourão. Comunicação E Sociedade, 26, 307-314. https://doi.org/10.17231/comsoc.26(2014).2041

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>