Imprensa regional e políticas da comunicação: situação geral no quadriénio 1999-2002

Autores

  • Victor Amaral Escola Superior de Educação da Guarda/IPG

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.7(2005).1216

Palavras-chave:

Imprensa regional, políticas da comunicação, incentivos, proteccionismo, imprensa de proximidade

Resumo

A partir da inegável importância sociocultural da Imprensa Regional, faremos, neste artigo, uma breve incursão sobre as políticas de comunicação para este subsector em Portugal. Nomeadamente, no período do quadriénio 1999-2002 coincidente com a entrada em vigor de um novo regime de incentivos. Esta análise confrontará uma visão proteccionista do Estado, à qual estão “agarrados” grande parte dos cerca de novecentos títulos de imprensa local e regional, e uma visão liberal, que pressupõe novos desafios de inovação e criatividade empresarial. Das quais depende, em grande medida, a sobrevivência e o futuro da imprensa de proximidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Amaral, V. (2012). Imprensa regional e políticas da comunicação: situação geral no quadriénio 1999-2002. Comunicação E Sociedade, 7, 181-194. https://doi.org/10.17231/comsoc.7(2005).1216

Edição

Secção

Portugal e Galiza: A comunicação e os media à luz da economia política