O custo das não-decisões na imprensa local e regional em Portugal

Autores

  • Paulo Ferreira Jornal de Notícias / Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.7(2005).1215

Palavras-chave:

Imprensa local e regional, decisão, não-decisão, globalização, espaço público

Resumo

O estudo da imprensa local e regional em Portugal está ainda numa fase embrionária. Contudo, pelo que se conhece de alguns estudos, pode afirmar-se que as actuais características do sector são inversamente proporcionais à importância que este tipo de publicações pode e deve assumir nas comunidades locais e regionais. Percebe-se a consequência deste hiato: sem bons jornais, as comunidades locais e regionais ficam tendencialmente amputadas de boa “informação de proximidade”. Independentemente de outros factores que podem contribuir para o entendimento desta situação, este artigo irá centrar a sua atenção na dimensão política do problema. A nossa hipótese de trabalho é que a imprensa local e regional portuguesa tem sido vítima das más decisões, e sobretudo das não decisões, que sobre ela os vários Governos têm tomado. A discussão parece-nos especialmente relevante num momento em que o actual Governo (XVI Constitucional) se prepara para pôr em marcha o que garante ser uma verdadeira reforma para o sector.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2012-12-20

Como Citar

Ferreira, P. (2012). O custo das não-decisões na imprensa local e regional em Portugal. Comunicação E Sociedade, 7, 153-180. https://doi.org/10.17231/comsoc.7(2005).1215

Edição

Secção

Portugal e Galiza: A comunicação e os media à luz da economia política

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)