Agendamento em publicidade: compreender os dilemas éticos de um ponto de vista comunicativo

Autores

  • Marius-Adrian Hazaparu Facultatea de Litere

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.25(2014).1877

Palavras-chave:

Publicidade, comunicação, agendamento, dilemas éticos

Resumo

Este artigo discute o conceito da ética na publicidade, em particular no caso de uma controversa campanha de publireportagens sobre um grande projeto mineiro em Roşia Montană, uma região histórica da Roménia. Com base na teoria do agendamento (Shaw & McCombs, 1977) e no modelo tripolar das agendas (Watson, 2008), a análise substitui as excessivamente simplificadoras abordagens à ética da publicidade por uma perspetiva comunicativa que realça a necessidade de uma análise contextual dos dilemas éticos levantados pelas práticas de publireportagem. O estudo revela que a ética não se refere apenas às normas sólidas e indiscutíveis que têm que ser respeitadas pelos profissionais da área, nem aos veredictos morais bem definidos ditados por filósofos ou especialistas em ética, mas também ao estudo de determinações contextuais que conduzem a escolhas éticas de publicitários, com base nas interações entre três agendas interessadas – corporativa, política e dos media –, numa tentativa de dominar a agenda pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

Hazaparu, M.-A. (2014). Agendamento em publicidade: compreender os dilemas éticos de um ponto de vista comunicativo. Comunicação E Sociedade, 25, 311-327. https://doi.org/10.17231/comsoc.25(2014).1877

Edição

Secção

Da publicidade à propaganda