Contextos periféricos de criação artística: o caso angolano

Autores

  • José Carlos Venâncio Universidade da Beira Interior

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.34(2018).2945

Palavras-chave:

Arte angolana, produção artística, periferia

Resumo

Depois de se descrever e discutir as condições de produção artística em contextos periféricos, analisa-se o percurso das artes plásticas angolanas desde finais do período colonial até à atualidade, momento em que as mesmas desfrutam de uma relativa projeção internacional. Essa projeção é o resultado de uma dupla sustentabilidade: por um lado, as condições materiais de criação e produção artística e, por outro, a sustentabilidade ou manutenção de um padrão estético enraizado na tradição e na história do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2018-12-17

Como Citar

Venâncio, J. C. (2018). Contextos periféricos de criação artística: o caso angolano. Comunicação E Sociedade, 34, 211-222. https://doi.org/10.17231/comsoc.34(2018).2945