O impacto de uma exposição científica nas representações sociais sobre meio ambiente: um estudo com alunos do ensino médio

Autores

  • Juliana Mezzomo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Clélia Maria Nascimento-Schulze Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.17231/comsoc.6(2004).1233

Palavras-chave:

Representação social, ciência, divulgação científica, exposção científica, meio ambiente

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo verificar o impacto de uma exposição científica nas representações sociais sobre meio ambiente dos alunos do ensino médio. Desde a sua origem, a teoria das representações sociais analisa a difusão da ciência pelos meios de comunicação, ocupando uma posição central nos estudos da divulgação científica e permeando tanto a organização de meios de divulgação como de conteúdos necessários a sua consecução. Uma dimensão importante e presente nas exposições científicas contemporâneas é a abordagem social da ciência e da tecnologia. Nessa dimensão, um tema que tem sido privilegiado pelos museus de ciências e professores diz respeito ao meio ambiente. A exposição levou em conta a noção de paradigmas ambientais e foi construída de forma a explicitar o contraste entre o homem como excluído ou como parte integrante do meio ambiente. Participaram dessa pesquisa 285 alunos da segunda série do ensino médio de Florianópolis. Pode-se dizer que houve um impacto sobre as representações de meio ambiente dos alunos através do surgimento de referências ao conteúdo da exposição, apontando um crescimento informativo e cognitivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-21

Como Citar

Mezzomo, J., & Nascimento-Schulze, C. M. (2004). O impacto de uma exposição científica nas representações sociais sobre meio ambiente: um estudo com alunos do ensino médio. Comunicação E Sociedade, 6, 151-170. https://doi.org/10.17231/comsoc.6(2004).1233

Edição

Secção

Artigos Temáticos