Temporalidades inscritas no corpo intensivo durante a experiência do projeto artístico Soundsystem

  • Priscilla Porto Nascimento Fasani Universidade Federal da Bahia
Palavras-chave: Arte contemporânea, corpo sem órgãos, encontros afetivos, perceções do tempo

Resumo

Este artigo debruça-se sobre o projeto artístico SoundSystem, desenvolvido por Franz Manata e Saulo Laudares desde 1996. O processo, em ação até os dias de hoje, consiste em partilhar experiências através de instalações sonoras, performances de DJ’s e intervenções urbanas. São utilizados signos universais como batidas de coração e cantos de pássaros. A dupla assume uma preocupação ética de afetar o participante. As principais questões envolvidas são os “bons encontros”, a dilação do tempo e a intensidade provocada pelos impulsos dionisíacos da música e da dança. Neste artigo, a proposta é viver o tempo do acontecimento, resistindo à cronopolítica.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2019-06-28
Como Citar
Fasani, P. P. N. (2019). Temporalidades inscritas no corpo intensivo durante a experiência do projeto artístico Soundsystem. Comunicação E Sociedade, 35, 211-224. https://doi.org/10.17231/comsoc.35(2019).3139
Secção
Artigos temáticos