[1]
L. Macedo, «Sobre o “Jardim das Delícias” como modelo de análise dos processos de comunicação intercultural», revistacomsoc, vol. 31, pp. 225-238, Jun. 2017.