[1]
Grácio, R. 2009. Com que é que se parece uma argumentação? Representações sociais do argumentar. Comunicação e Sociedade. 16, (Dez. 2009), 101-122. DOI:https://doi.org/10.17231/comsoc.16(2009).1033.