Sengün, S. «Por Que é Que Hei De Apaixonar-Me Por Um Duende, Quando Também Não Sou Nenhum Ogre? As Implicações Dos Avatars Virtuais Na Comunicação Digita»l. Comunicação E Sociedade, Vol. 27, June 2015, pp. 167-80, doi:10.17231/comsoc.27(2015).2095.